Escritório Especializado em Inventário

Descubra quanto custa e como fazer um inventário com o mais completo Guia do Inventário logo a seguir…

 

 

 

Realize uma consulta sobre o seu Inventário
Preencha o formulário para uma avaliação sobre o seu caso
Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

Quem Somos

Quem Somos

Cardoso, Barcelo & Ragozzino Sociedade de Advogados, escritório de advocacia fundado com o propósito de atender seus clientes de forma pessoal e humanizada, focando em suprir todas as suas necessidades jurídicas judiciais e extrajudiciais, atuando de forma ética e responsável.

Temos como fundamento uma prestação de serviço com excelência e transparência, com profissionais qualificados, somado ao que há de mais moderno na advocacia.

Advocacia moderna e justa não é um diferencial, é um dever.

Nossos Serviços

A melhor estratégia jurídica para o seu caso, com os resultados mais céleres e com o máximo de redução de custos e impostos sobre a herança.

CONCILIAÇÃO ENTRE HERDEIROS

INVENTÁRIO JUDICIAL

INVENTÁRIO EXTRAJUDICIAL

CONCILIAÇÃO ENTRE HERDEIROS

INVENTÁRIO JUDICIAL

INVENTÁRIO EXTRAJUDICIAL

Guia Do Inventário

O QUE É INVENTÁRIO?

É o procedimento que deve ser realizado quando uma pessoa falece e deixa patrimônio (bens e dívidas), que devem ser transferidos para seus herdeiros.
Pode ser realizado judicialmente, por meio de um processo judicial, ou extrajudicialmente, feito em cartório.

PRAZO PARA REALIZAR O INVENTÁRIO

O inventário deve ser feito em até 60 dias contados a partir do falecimento.
Quando realizado após esse prazo, poderá incidir uma multa de até 20% sobre o imposto devido.

QUEM PODE ENTRAR COM O INVENTÁRIO

Feito em cartório, somente os herdeiros podem entrar.
Quando feito judicialmente, qualquer interessado pode entrar com o inventário, sendo herdeiro, credor ou terceiro interessado.

QUANTO TEMPO DEMORA UM INVENTÁRIO

Não há um prazo específico para a finalização de um inventário, dependendo da sua complexidade e quantidade de bens e herdeiros.
Porém o inventário feito em cartório é mais rápido, podendo ser finalizado em poucas semanas.
Já o inventário judicial pode variar:
Quando há concordância entre os herdeiros, pode demorar de 2 meses a 2 anos.
Quando há briga entre os herdeiros, pode variar de 2 anos até 20 anos, sendo um processo bem desgastante e oneroso.

QUAIS OS CUSTOS PARA ABERTURA DE UM INVENTÁRIO

Os principais custos de um inventário são:
Honorários Advocatícios: vai depender da complexidade do inventário;
Custas Processuais/Custas de Cartório: dependendo da forma que será realizada, normalmente em cartório sendo mais barata.
Tributo: para realizar o inventário, é necessário recolher o ITCMD (Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação). No estado de São Paulo, a sua alíquota é de 4% sobre o valor dos bens.
Certidões: para realizar um inventário é necessária toda a documentação sobre os herdeiros e bens, atualizadas, como: certidão de óbito, certidão de nascimento, certidão de casamento, matrícula, certidão negativa de testamento etc.
Registro: caso haja bens imóveis, será necessário realizar o registro do inventário na matrícula de cada imóvel inventariado.

QUANTO CUSTA UM INVENTÁRIO FEITO EM CARTÓRIO

A escritura pública de inventário tem o seu valor baseado no montante total de bens a serem inventariados, aplicados sob uma tabela, podendo variar de R$ 328,47 a R$ 60.410,16.
Consulta ano de 2024:
https://cnbsp.org.br/wp-content/uploads/2024/01/VERSAO-VISUALIZACAO-ISS-CAPITAL.pdf
(valores baseados para o Estado de São Paulo)

QUANTO CUSTA UM INVENTÁRIO JUDICIAL

O processo judicial de inventário também terá como base o montante total de bens a serem inventariados, podendo variar de R$ 353,60 a R$ 106.080,00.
Consulta ano de 2024:
https://www.tjsp.jus.br/IndicesTaxasJudiciarias/DespesasProcessuais/TaxaJudiciaria#:~:text=10)%20Submiss%C3%A3o%20do,C%C3%B3digo%20230%2D6%20**

QUANTO CUSTA O IMPOSTO SOBRE O INVENTÁRIO

O imposto sobre o inventário é um tributo estadual, variando a sua alíquota de estado para estado.
No estado de São Paulo a alíquota é de 4% sobre os bens deixados pelo falecido, podendo ter acréscimo de multa e juros dependendo da demora para a abertura do inventário.

QUAIS OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA UM INVENTÁRIO

Os documentos necessários podem variar de caso a caso, dependendo da qualificação dos herdeiros e dos bens deixados.

DOCUMENTOS DO FALECIDO

– Certidão de óbito;
– RG e CPF;
– Comprovante do último domicílio;
– Certidão de Nascimento (quando solteiro)
– Certidão de Casamento (quando casado)
– Certidão Negativa de Debitos Fiscais
– Certidão de Inexistência de Testamento
– Certidão Negativa de Debitos Trabalhistas

DOCUMENTOS DOS HERDEIROS

– Documento de Identidade com Foto;
– CPF;
– Certidão de Nascimento atualizada (quando solteiro);
– Certidão de Casamento atualizada (quando casado);
Se casado: Documentos do cônjuge (CPF e RG)
– Comprovante de Endereço;

DOCUMENTOS DOS IMÓVEIS

– Matrícula Atualizada do Imóvel;
– Certidão Negativa de Ônus Reais dos Imóveis;
– Certidão de Valor Venal do Imóvel;
– Certidão Negativa de Débitos Fiscais;
– CCIR (Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR) para os imóveis rurais.

DOCUMENTOS DOS BENS MÓVEIS (DINHEIRO, CARRO, MOTO, APLICAÇÃO FINANCEIRA)

Para os bens móveis é necessária qualquer documentação que comprove a titularidade do falecido sobre o bem.
– Saldo bancário;
– RENAVAM do carro/moto;
– Saldo de investimento;
– Comprovante de compra;

Realize uma consulta sobre o seu Inventário
Preencha o formulário para uma avaliação sobre o seu caso
Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

Tem mais dúvidas sobre inventário? Acesse nosso blog.

É possível inventariar a posse de um imóvel?

Descomplicando a Regularização de Imóveis: Alternativas ao Inventário Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kainã Ragozzino | Advogado (@kaiadvogado) A regularização de imóveis após o falecimento de um parente pode ser um processo complexo e...

Companheiro de união estável tem direito à herança?

Direitos do companheiro na união estável em relação à herança e meação Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kainã Ragozzino | Advogado (@kaiadvogado) A união estável é uma forma de convivência afetiva reconhecida pelo ordenamento jurídico...

Divórcio : Herança Partilha de Bens

Herança e Doação: Como Esses Bens Podem Afetar a Divisão de Patrimônio em Casos de Divórcio Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kainã Ragozzino | Advogado (@kaiadvogado) Ao considerarmos o cenário de um divórcio, muitas vezes a preocupação com...

Renunciar a Herança

Renúncia de Herança: Considerações e Alternativas Legais Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kainã Ragozzino | Advogado (@kaiadvogado) A herança é um tema complexo e muitas vezes delicado, especialmente quando se trata da renúncia dos direitos...

Quem Tem Direito à Herança do Falecido?

Direitos de Herança: Entendendo Quem São os Beneficiários Legítimos A herança é um direito garantido por lei a todos os indivíduos que são considerados herdeiros legítimos de uma pessoa falecida. No Brasil, o direito à herança é regulamentado pelo Código Civil, que...

Como é Feito o Processo do Inventário?

A Importância do Inventário e Suas Etapas Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kainã Ragozzino | Advogado (@kaiadvogado) O inventário é um processo que ocorre após a morte de uma pessoa. Neste período, ainda que o luto seja um momento delicado,...

O Que Significa Fazer um Inventário?

A Importância do Inventário na Gestão Patrimonial Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kainã Ragozzino | Advogado (@kaiadvogado) Fazer um inventário é um processo de catalogação, classificação e avaliação de todos os bens, direitos e obrigações...

O que é ITCMD: Qual o valor?

Entendendo o ITCMD: Uma Visão Detalhada O ITCMD, sigla para Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação, é um imposto de competência estadual aplicado sobre doações, transmissões de bens e demais tipos de distribuições não onerosas. Isso significa que sempre que um...

Valor do ITCMD em 2023

Entendendo o ITCMD: Análise detalhada O ITCMD, sigla para Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação, é um imposto estadual cobrado sobre doações, transferências de bens e outros tipos de distribuições não onerosas – como no processo de herança. Este imposto é...

O que é cobrado no ITCMD?

Entendendo o ITCMD: Quem paga, como é calculado e quando é cobrado O Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) é um tributo estadual que incide sobre a transferência gratuita de bens e direitos de uma pessoa para outra. Ele é cobrado em diversas...

Localização

Endereço: Rua MMDC, 450 – Sala 105, Butantã, São Paulo – CEP: 05510-020.
Contato: (11) 3814-4094

Falar Com Advogado Especialista
Podemos Ajudar?
CBR Sociedade De Advogados: Olá 👋
Podemos Ajudar?