Quanto tempo demora um inventário?

Entendendo o Tempo de Processamento de um Inventário: Da Abertura à Conclusão

O processo de inventário é uma etapa crucial após o falecimento de um indivíduo. Ele envolve a listagem de todos os bens, créditos e dívidas pertencentes à pessoa falecida. Este processo é necessário para formalizar a transferência da herança de uma pessoa entre seus herdeiros.

Prazo para abertura do inventário

Após a morte de uma pessoa, seus herdeiros têm um prazo estabelecido em lei de até 60 dias para dar entrada no inventário. Caso este prazo não seja respeitado, o estado pode instituir uma multa pelo atraso.

Tempo de processamento do inventário

O tempo que leva para processar um inventário pode variar dependendo de vários fatores. Em geral, os inventários processados através de escritura pública são mais rápidos do que os que são processados por ação judicial.

.

Inventário extrajudicial

O inventário extrajudicial é processado através de uma escritura pública. Este tipo de inventário é geralmente mais rápido, levando entre três a seis meses para ser concluído.

Inventário judicial

O inventário judicial é processado através de uma ação judicial. Este processo pode levar entre um a três anos para ser concluído. A duração deste tipo de inventário pode ser influenciada por vários fatores, incluindo divergências entre os herdeiros em relação à partilha, avaliação dos bens e pagamento de impostos.

Acelerando o processo de inventário

Existem algumas maneiras de acelerar o processo de inventário. Uma delas é através do arrolamento de bens, que é uma modalidade de inventário judicial que pode ser mais rápida se houver consenso entre os herdeiros em relação à partilha de bens.

Outra maneira de acelerar o processo é através do ‘procedimento sumário de inventário’, que pode ser pleiteado quando o patrimônio inventariado não ultrapassa o teto de mil salários mínimos.

Além disso, a família pode acelerar o processo de inventário verificando o acervo patrimonial (bens, direitos e dívidas), e a situação de cada bem que o falecido deixou antes da contratação de um advogado.

Conclusão

O processo de inventário é uma etapa importante após o falecimento de um indivíduo. Embora possa ser um processo demorado, existem maneiras de acelerá-lo. É importante lembrar que cada caso é único e o tempo necessário para concluir um inventário pode variar dependendo de vários fatores.

Tem dúvida sobre Inventário? Não deixe de entrar em contato conosco!

Entre Em Contato!
Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

Posts Recentes

Direito Real de Habitação – Responsabilidade sobre os custos do imóvel

O direito real de habitação garante ao companheiro da pessoa falecida (seja por meio do casamento ou de uma união estável) que permaneça morando no imóvel no qual o casal residia antes do falecimento. Em decorrência desse direito, os demais herdeiros não poderão...

Valor do ITCMD em 2024

O ITCMD, sigla para Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação, é um imposto estadual cobrado sobre doações, transferências de bens e outros tipos de distribuições não onerosas – como no processo de herança. Este imposto é geralmente cobrado sempre que bens e...

Valor do Inventário em 2024

Além de todo o gasto emocional que o falecimento de um parente causa, existem também responsabilidades que nascem com a morte. É o caso do inventário. Quando alguém falece e deixa bens, é necessário que se faça o inventário para que se possa transmitir esses bens para...

É possível inventariar a posse de um imóvel?

Descomplicando a Regularização de Imóveis: Alternativas ao Inventário Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kainã Ragozzino | Advogado (@kaiadvogado) A regularização de imóveis após o falecimento de um parente pode ser um processo complexo e...

Companheiro de união estável tem direito à herança?

Direitos do companheiro na união estável em relação à herança e meação Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kainã Ragozzino | Advogado (@kaiadvogado) A união estável é uma forma de convivência afetiva reconhecida pelo ordenamento jurídico...
Falar Com Advogado Especialista
Podemos Ajudar?
CBR Sociedade De Advogados: Olá 👋
Podemos Ajudar?