Quantos Meses de Pensão Alimentícia Atrasada Posso Cobrar?

Entendendo a Cobrança de Pensão Alimentícia Atrasada: Seus Direitos e Limitações

A pensão alimentícia é uma obrigação legal que visa garantir o sustento, a saúde e a educação dos filhos. No entanto, pode haver situações em que o pagamento da pensão alimentícia esteja atrasado. Nesses casos, surge a pergunta: quantos meses de pensão alimentícia atrasada posso cobrar?

Cobrança de Pensão Alimentícia Atrasada

Por ser uma medida drástica, que priva a liberdade do devedor, não é possível cobrar mais do que três meses de pensão atrasada, sob pena de tornar o pagamento dos valores impossíveis. Então, caso o devedor esteja devendo 5 meses de pensão alimentícia, por exemplo, só poderão ser cobrados os últimos 3 meses pelo rito da prisão civil.

Cobrança de Anos de Pensão em Atraso

Embora a cobrança de pensão alimentícia atrasada seja limitada a três meses pelo rito da prisão civil, é importante notar que é plenamente possível cobrar anos de pensão em atraso, desde que o alimentando seja filho do devedor e menor de idade.

Quando a Pensão Alimentícia Atrasada Pode Ser Cobrada?

A pensão alimentícia já pode ser cobrada desde o seu 1º dia de atraso. Muitas pessoas acreditam que precisam esperar 3 meses para, após, entrarem com a cobrança dos alimentos em atraso, todavia, essa informação é incorreta.

Conclusão

A cobrança de pensão alimentícia atrasada é um direito garantido por lei. No entanto, é importante entender as regras e limitações associadas a essa cobrança. Embora seja possível cobrar até três meses de pensão atrasada pelo rito da prisão civil, é possível cobrar anos de pensão em atraso para menores de idade. Além disso, a pensão alimentícia pode ser cobrada desde o primeiro dia de atraso. Portanto, é essencial buscar orientação jurídica adequada para entender melhor seus direitos e deveres em relação à pensão alimentícia.

Tem dúvida sobre Pensão? Não deixe de entrar em contato conosco!

Entre Em Contato!
Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Divórcio: É possível cobrar aluguel dos bens adquiridos?

A Cobrança de Aluguéis entre Cônjuges durante a Separação de Fato: Aspectos Legais e Requisitos Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kainã Ragozzino | Advogado (@kaiadvogado) A separação de casais é um processo complexo que muitas vezes envolve...

Pensão Alimentícia: Fixação na Guarda Compartilhada

Guarda Compartilhada e Pensão Alimentícia: Entendendo os Aspectos Legais Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kainã Ragozzino | Advogado (@kaiadvogado) No momento de um divórcio ou na regularização da guarda do filho, a guarda compartilhada é...

É Possível Pedir Pensão Alimentícia Durante a Gravidez?

Pensão Alimentícia Durante a Gravidez: Direitos e Possibilidades Legais Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kainã Ragozzino | Advogado (@kaiadvogado) A questão da pensão alimentícia durante a gravidez é um tema que gera discussões e levanta...

Divórcio : Herança Partilha de Bens

Herança e Doação: Como Esses Bens Podem Afetar a Divisão de Patrimônio em Casos de Divórcio Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kainã Ragozzino | Advogado (@kaiadvogado) Ao considerarmos o cenário de um divórcio, muitas vezes a preocupação com...

Pensão Alimentícia: Prescrição

Prescrição da pensão alimentícia: o que diz a lei? Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kainã Ragozzino | Advogado (@kaiadvogado) A pensão alimentícia é um direito garantido por lei e, portanto, é imprescritível, ou seja, pode ser cobrada a...
Falar Com Advogado Especialista
Podemos Ajudar?
CBR Sociedade De Advogados: Olá 👋
Podemos Ajudar?